Publicado por: ccyeshuaemportugues | 30 de julho de 2018

MOISÉS CONSTRÓI O TABERNÁCULO DE DEUS – Êxodo 25 – 40

Quando Moisés estava no Monte Sinai, Deus lhe deu instruções para construir um lugar onde pudesse habitar entre eles.

Seria chamado de Tabernáculo, feito de materiais que poderiam ser desmontado e movidos enquanto viajavam pelo deserto.



Foi-lhe dito por Deus que precisaria de metais caros, madeira fina, couro, panos ricos, fios tintos, madeira e pedras preciosas seriam necessários para construir o Tabernáculo. Os egípcios haviam dado aos escravos hebreus presentes caros quando saíram do Egito, mas estariam dispostos a dar uma parte deles a Deus?

Êxodo 35:4-29, quando Moisés desceu da montanha, ele disse a todos: ‘Deus quer que aqueles que estão dispostos a trazer uma oferta para construir o Tabernáculo pois precisamos de metais e pedras preciosas, madeira de acácia, linho e tecido. Também precisamos de trabalhadores qualificados.


Todas as manhãs as pessoas vinham voluntariamente e davam suas ofertas para construir o Tabernáculo. Eles trouxeram jóias e objetos de ouro, prata e bronze, peles de carneiro, couro e madeira de acácia.



As pessoas estavam felizes em dar linho fino, cabelo de cabra e fios caros em azul, roxo e escarlate. Outros deram azeite, especiarias e pedras preciosas.



Êxodo 35:30-35, Deus havia dito a Moisés que Bezalel e Aoliabe, dois bons artífices, deveriam ser encarregados do trabalho. Eles estavam cheios do Espírito de Deus e tinham todas as habilidades necessárias para projetar artisticamente com metais, madeira e outros materiais o que tinha que ser feito.

 

Êxodo 36:1-7, outros obreiros qualificados uniram-se a eles para fazer tudo o que Deus requeria.


Todas as manhãs, as pessoas vinham trazer suas ofertas. Logo eles tiveram mais do que precisavam e Moisés lhes disse que parassem de dar.

 

Êxodo 38:9-20, No plano de Deus, devia haver um grande pátio (150 pés x 75 pés ou 46 metros x 23 metros). Havia 20 colunas nos lados mais longos e dez nos lados mais curtos, cada uma das colunas tinha uma base de bronze, e todos os ganchos e argolas eram de prata. As cortinas de linho finamente torcidas foram feitas para passar entre esses postes.

 

A entrada do Tabernáculo deveria ser sempre colocada de frente para o leste. E para a entrada do pátio, confeccionaram uma cortina de linho finamente tecido e a enfeitaram com lindos bordados de fios de tecido azul, roxo e vermelho.

 

Dentro do pátio, o Tabernáculo (45 pés x 15 pés, 13,5 metros x 4,5 metros) ficaria de pé. Para a estrutura do tabernáculo, Bezalel construiu armações de madeira de acácia e cobriu com quatro capas. Primeiro, havia um fino linho bordado, depois uma camada de pêlo de cabra, sobre a qual havia uma camada de peles de carneiro tingidas de vermelho. No topo havia uma capa feita de pele de animal azulada.


Êxodo 36: O Tabernáculo devia ser dividido em dois cômodos separados por um grosso véu de linho fino bordado com figuras de anjos em azul, púrpura e escarlate. Somente sacerdotes poderiam entrar no Santo Lugar.

 

Ninguém seria permitido atrás do véu na área do Lugar Santíssimo, além do Sumo Sacerdote. Ele entrava uma vez por ano para trazer o sangue de um animal sacrificado para fazer as pazes com Deus por seus pecados.

Êxodo 37:1-9, O único objeto feito para entrar no Lugar Santíssimo era uma arca feita de madeira de acácia coberta de ouro. A tampa (assento de misericórdia) era feita de ouro puro com dois querubins de frente um para o outro, cujas asas se encontravam e se estendiam sobre a tampa. Foi sobre essa cobertura que a própria presença de Deus estaria.

 

Eles fizeram varas de madeira de acácia, revestidas de ouro e colocou-as nas argolas laterais da arca para que pudesse ser carregada durante suas viagens.



Êxodo 37:10-16, uma mesa feita de madeira de acácia coberta de ouro foi feita para o Santo Lugar. Também fizeram varas de ouro para carregá-la. Também fizeram de ouro puro os utensílios que deveriam estar sobre a mesa, isto é, seus pratos, conchas, jarras e xícaras. Colocado na mesa toda semana havia 12 pães representando as 12 tribos de Israel. 



Um candelabro com sete ramos de ouro puro foi feito para iluminar o Lugar Santo.



Êxodo 37:25-29, Eles fizeram um altar de ouro que também fazia parte do Santo Lugar. Os sacerdotes usavam isso para queimar incenso puro de especiarias doces todas as manhãs e tardes para fazer um aroma agradável a Deus.



Êxodo 38:8, Para que os sacerdotes pudessem lavar as mãos e os pés antes de servirem a Deus no Tabernáculo, uma
bacia de bronze foi feita. Era para ser colocado no pátio em frente ao Santo Lugar.

 

Êxodo 38:1-7, O altar do holocausto foi feito em forma quadrada de madeira de acácia coberto com bronze foi feito para ir no pátio. Em cada canto havia um chifre de bronze, e eles foram cobertos com bronze.

O altar seria usado para que as pessoas trouxessem um animal macho sem defeito, seja gado, ovelhas, cabras (ou pássaros, se fossem pobres). As pessoas colocavam a mão no animal para mostrar que estavam sendo oferecidos para fazer as pazes com Deus (Levítico 1:4).

O animal seria sacrificado e seu sangue aspergido sobre o altar. Este sangue derramado tornou possível para Deus perdoá-los pelas coisas erradas que haviam feito. O animal seria então queimado no altar.



Êxodo 39, As vestes dos sacerdotes eram de linho branco. Uma peça especial foi feita para o Sumo Sacerdote Arão. Tinha uma túnica azul sem mangas.



Sinos de ouro puro foram costurados ao redor da bainha com romãs trançadas entre eles. Quando o Sumo Sacerdote entrava no Lugar Santíssimo, as pessoas que estavam do lado de fora podiam ouvir os sinos enquanto ele se movia e sabia que ele ainda estava vivo.



Sobre o manto, um éfode ricamente bordado de ouro, azul, púrpura e escarlate era usado. Foi feito em duas peças unidas nos ombros com broches de ouro. Cada broche foi definido com uma pedra de ônix gravada.

 

Em sua cabeça, o Sumo Sacerdote usava um turbante feito de linho fino que estava enrolado em volta da cabeça em rolos.

Na frente do turbante na testa de Arão, presa por uma fita de renda azul, havia uma placa de ouro gravada, “Santo para o Senhor”.

 

Um peitoral especial foi feito para o Sumo Sacerdote. Tinha 12 pedras preciosas, cada uma gravada com o nome de uma das 12 tribos de Israel. (Uma lista das pedras é encontrada em Êxodo 39:10-13).

 

Êxodo 40. Quando tudo estava pronto, o Tabernáculo foi armado no meio do acampamento com três tribos acampadas de cada lado. E a mobília do Tabernáculo foi colocada em posição.



Moisés colocou as duas tábuas de pedra contendo as leis de Deus na Arca e colocou a tampa sobre ela.

 
Quando tudo terminou, e Arão e seus filhos se lavaram e vestiram suas roupas sacerdotais, a glória de Deus encheu o Tabernáculo.



A nuvem de Deus estava sobre o Tabernáculo de dia e o fogo de Deus todas as noites. Quando a nuvem levantava, os israelitas desmantelariam o Tabernáculo e viajariam pelo deserto. Quando pararam por um tempo, eles voltavam a montar-lo e a presença de Deus permaneceu com eles onde quer que estivessem.

*******

Adeus, até a próxima vez. ATé lá, lembre-se de dizer as suas orações obedeça a sua mamãe e papai e não se esqueça de ir para a igreja e escola dominical no próximo domingo.

*******

 

*******

 


Responses

  1. Senhores a paz de CRISTO.

    É possivel enviar a vida do apostolo Paulo, Antigo Saulo de Tarso??? Desde ja DEUS abençoe oces

    Maria Suely

    Em 30 de julho de 2018 22:49, Caminhando Com Yeshua (Jesus) – Histórias


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: